Notícias

19/01/2021

Adep-BA contrata empresa para acompanhamento e fiscalização do processo eleitoral para o cargo de DPG

Adep-BA contrata empresa para acompanhamento e fiscalização do processo eleitoral para o cargo de DPG

A Associação das Defensoras e Defensores Públicos da Bahia (Adep-BA) optou pela contratação de uma empresa para acompanhar e fiscalizar o processo eleitoral da Defensoria Pública Geral (DPG), que acontece em 29 de janeiro. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Igor Santos, na última segunda-feira (18), data em que a equipe responsável pelo sistema de apuração foi apresentada ao Coordenador de Modernização e Informática (CMO), Thales Almeida. 

Confira o comunicado na íntegra:

A Adep-BA noticia à classe que foi realizada a contratação da empresa Potelo Sistemas de Informação, especializada em informática e segurança eletrônica, a fim de fiscalizar o código fonte do sistema de votação utilizado pela Defensoria Pública e acompanhar a votação e apuração in loco no próximo dia 29 de janeiro.

A contratação tem como objetivo contribuir para a transparência do processo eleitoral, como lhe faculta o §5º do art. 8º da Resolução 009/2020, bem como para garantir a lisura do pleito eleitoral e espantar qualquer dúvida a respeito da garantia do sigilo e validade da apuração. Fez-se pertinente a contratação igualmente por ser a eleição do próximo dia 29 de janeiro a primeira a ser totalmente realizada pelo formato digital em nossa Instituição. 

Nesse contexto, é de se destacar que a contratação não se deu por conta de insegurança, tampouco de desconfiança desta Diretoria com o sistema de votação apresentado pela CMO e ratificado pelo Conselho Superior, mas, como dito, para garantir a lisura do processo. 

Além disso, os candidatos ao cargo em pleito, Dr. Alessandro Moura e as Dras. Laura Fagury e Tereza Cristina, solicitaram, em dezembro, a intervenção da ADEP, que considerou pertinente o pedido diante das considerações acima apontadas. A reforma da resolução nº 09/2020, pelo conselho, em 11 de janeiro, possibilitou, por sua vez, a contratação por este órgão de classe. 

O processo está sendo conduzido por Bruno Souza Cabral, Mestre em Ciência da Computação com graduação pela UFBA/University of Washington (UW) e Doutorando em Computação pela UFBA. Bruno tem larga experiência na área e auditou o sistema de votação do Esporte Clube Bahia (2017) e também da eleição do Quinto Constitucional da OAB/BA (2019). Além disso, liderou o processo técnico das operações de automação durante as duas eleições (2018 e 2020) do escritório jurídico do Facebook (dono dos aplicativos Whatsapp e Instagram). 

Também na última segunda-feira teve início a fase de fiscalização do código fonte do sistema, a fim de identificar eventuais fragilidades e corrigi-las a tempo da eleição. No encontro, estiveram presentes, além do presidente da ADEP e Bruno Cabral, Thales Almeida e a equipe técnica responsável pelo sistema de apuração do processo eleitoral.

Ao final de todo o processo de votação, conforme previsão contratual, a empresa contratada terá o prazo de dois dias úteis para emitir relatório final a respeito do pleito eleitoral. 

Assim, a Diretoria da ADEP-BA, gestão "Diálogo e Força para um novo tempo!", busca uma vez mais ratificar seu compromisso de transparência para com todos os seus associados, informando a classe da contratação e seus objetivos.

 

Central do Associado

Associe-se

Clique Aqui